Todos em Cana


QUEIXA CRIME - LESA PÁTRIA - CANA PARA TODOS!

((( LUGAR DE COVARDES É EMBAIXO DA CAMA OU NA 'CUBA QUE O PARIU'. )))
LULA, FHC, E TODAS AS SUAS TRUPES DE BANDIDOS NÃO DEVEM SER PRESOS, 'JÁ DEVERIAM ESTAR PRESOS HÁ MUITO TEMPO POR CRIME DE LESA PÁTRIA, POR TRAIÇÃO AO PAÍS, POR CONLUIO COM POVOS ESTRANHOS E POR INCITAÇÃO AO ÓDIO DESTES PARA CONOSCO E TAMBÉM ENTRE OS CONCIDADÃOS BRASILEIROS.
NÃO SE TRATA TÃO SOMENTE DE CORRUPÇÃO OU NÃO, SE TRATA DE CRIMES PRATICADOS ABERTAMENTE CONTRA A PÁTRIA EM FORMA DE AFRONTAS A NÓS, A NOSSOS SÍMBOLOS PATRIÓTICOS, DE INCITAÇÃO AO ÓDIO E A GUERRA NAS RUAS E MUITO MAIS QUE ESTES BANDIDOS APÁTRIDAS VERMELHOS TEM PRATICADO.
E TODOS OS QUE PRATICARAM ESSES CRIMES NÃO ESTÃO PRESOS AINDA POR QUÊ? AONDE ESTÃO AS AUTORIDADES, CIVIS OU MILITARES QUE SE CALAM, NÃO ENXERGAM O QUE ESTÁ MAIS DO QUE PROVADO?

O POVO TEM A OBRIGAÇÃO, O DEVER DE EXIGIR A PRISÃO IMEDIATA DESSES TRAIDORES DO PAÍS, TODOS, SEM QUALQUER EXCEÇÃO.

LEI Nº 7.170, DE 14 DE DEZEMBRO DE 1983.- CONSTITUIÇÃO FEDERAL
Art. 1º - Esta Lei prevê os crimes que lesam ou expõem a perigo de lesão:
I - a integridade territorial e a soberania nacional;
Il - o regime representativo e democrático, a Federação e o Estado de Direito;

Art. 2º - Quando o fato estiver também previsto como crime no Código Penal, no Código Penal Militar ou em leis especiais, levar-se-ão em conta, para a aplicação desta Lei:
I - a motivação e os objetivos do agente

Art. 4º - São circunstâncias que sempre agravam a pena, quando não elementares do crime:
a) praticado o crime com o auxílio, de qualquer espécie, de governo, organização internacional ou grupos estrangeiros;

Art. 7º - Na aplicação desta Lei, observar-se-á, no que couber, a Parte Geral do Código Penal Militar e, subsidiariamente, a sua Parte Especial.
Código Penal Militar
Tentativa contra a soberania do Brasil
Art. 142. Tentar:
- submeter o território nacional, ou parte dele, à soberania de país estrangeiro;
II - desmembrar, por meio de movimento armado ou tumultos planejados, o território nacional, desde que o fato atente contra a segurança externa do Brasil ou a sua soberania;
Consecução de notícia, informação ou documento para fim de espionagem
Art. 357. Praticar o nacional o crime definido no art. 142:
Pena - morte, grau máximo; reclusão, de vinte anos, grau mínimo.
Pena de morte
Art. 56. A pena de morte é executada por fuzilamento,
comunicada, logo que passe em julgado, ao Presidente da República, e não pode ser executada senão depois de sete dias após a comunicação

Nenhum comentário: