Escritório do ministro Barroso faturou R$ 2 milhões sem licitação em agosto

Quando recebi de um leitor, custei a acreditar. Como circula pela internet e redes sociais muito hoax, é bom sempre tomar cuidado. A primeira fonte foi do Twitter de Ari Kara. Eis a imagem:

                                                       'Clique sobre a foto para ampliar'

Então é isso: o escritório do ministro Luis Roberto Barroso ganhou, sem licitação, mais de R$ 2 milhões em agosto desse ano. Sério? Não acreditei. Fui checar no site do Diário Oficial da União. E está lá! É verdade mesmo. Não tem montagem, photoshop, nada disso!
 
Não faria acusações levianas, naturalmente. Claro que o escritório renomado e respeitado no mercado pode ter merecido tal montante por seus serviços prestados e tudo mais. Só fica aquela dúvida no ar. Puxa vida, coincidências existem. Mas que desempenho do “novato” no julgamento dos embargos infringentes, não é mesmo?
 
Fonte: Veja

* Mas afinal quem é quem nesse 'Supremo Tribunal'? Juizes indicados por presidentes da república com ligações partidárias? Estes senhores de toga, pagos com o nosso dinheiro, portam-se como qualquer juiz o deve, de forma isenta? Podem dizer eles que não estão nem aí para com a opinião pública? Leitores, sinto muito, mas em minha opinião de cidadão brasileiro, acredito que um primeiro quesito para alguém tornar-se um ministro do Supremo Tribunal seria estar acima de qualquer suspeita, não ter nenhum vínculo partidário, empresarial, etc, só assim estaríamos seguros de sua ilibalidade e comprometimento para com a Pátria.

Nenhum comentário: