Todas as mentiras do pronunciamento de Dilma...

...e as principais causas da corrupção.



Governo impõe sigilo sobre gastos de Dilma no Exterior; Papéis revelam gastos de 73 Milhões de gastos com ‘missões’; MPF diz que a Casa Civil negou acesso à sindicância de Rosemary Noronha; o contrário do que afirma Dilma, governo põe até agora R$ 1,1 Bilhão em Estádio da Copa;Dinheiro público no Itaquerão chega a R$ 581 milhões, mais do que o custo de 6 estádios da Copa; Entidades dizem que importação de médicos é medida ‘populista’ e cobram investimentos no SUS; Durante as manifestações, Dilma diz querer constituinte específica, parcial, o que é inconstitucional, feita exclusivamente por partidos políticos, um golpe como que bandidos fazendo suas próprias leis.  

*As principais causas da corrupção são velhas conhecidas: instituições frágeis, hipertrofia do estado, burocracia e impunidade. O governo federal emprega 90.000 pessoas em cargos de confiança. Nos Estados Unidos, há 9.051. Na Grã-Bretanha, cerca de 300. “Isso faz com que os servidores trabalhem para partidos, e não para o povo, prejudicando severamente a eficiência do estado”, diz Cláudio Weber Abramo, diretor da Transparência Brasil.

Há no Brasil 120 milhões de pessoas vivendo exclusivamente de vencimentos recebidos da União, estados ou municípios. A legislação tributária mais injusta e confusa do mundo é o fertilizante que faz brotar uma rede de corruptos em órgãos como a Receita Federal e o INSS. A impunidade reina nos crimes contra a administração pública. Uma análise de processos por corrupção feita pela CGU mostrou que a probabilidade de um funcionário corrupto ser condenado é de menos de 5%. A possibilidade de cumprir pena de prisão é quase zero. A máquina burocrática cresce mais do que o PIB, asfixiando a livre-iniciativa. A corrupção se disfarça de desperdício e se reproduz nos labirintos da burocracia e nas insondáveis trilhas da selva tributária brasileira.

Nenhum comentário: