Comissão da 'Meia' Verdade


Nos parece que alguns neste país só ficarão plenamente satisfeitos quando estivermos equiparados aos terroristas existentes em países como Iraque, por exemplo, com bombas estourando por aqui e alí diariamente ou quando o povo estiver prostrado ao sistema como em outro péssimo exemplo, a Coréia do Norte. O Brasil é um país predominantemente de miseráveis, tanto financeiramente como intelectualmente e para a comprovação da primeira situação basta que pessoas desprovidas de quaisquer interesses saiam dos centros das cidades e dirijam-se as suas redondezas. Não é preciso ser nenhum expert para saber que por lá não existem grandes hotéis, restaurantes, clubes, enfim, o que se tem são morros e favelas muitas vezes escondidos hipocritamente atrás de edifícios.  Nestes lugares costuma-se sofrer para se ter o mínimo essencial para uma vida mais ou menos dígna. Morre-se por lá inclusive por doenças provocadas pela falta de saneamento básico. Acreditem sim, em pleno Século XXI isso ainda existe. E também se morre por falta de água, de alimentação, de frio, de medicação, de falta de atendimento médico e falta de leitos nos pseudo hospitais existentes. É fato, paga-se muito em impostos, de duas a três vezes o valor de tudo. Esse dinheiro some e o retorno, dizem alguns, 'é o que se pode fazer no momento'. Alguns até tentam pagar planos de saúde, desses que na hora 'h', dizem não cobrir com esse ou aquele tratamento. Então, o cidadão já pagou através dos impostos e não tem, vergonhosamente paga outra vez pelo plano de saúde, e mesmo assim é feito de otário nas mãos de picaretas, oportunistas e aproveitadores da situação calamitosa da saúde pública que deveria ser exigida sim como obrigação básica dos governantes. Seja para quem for, é cidadão, é merecedor de tratamento dígno e respeitável.

A questão intelectual é também vexatória. Afirmam alguns que a Educação vem melhorando no Brasil. Isto talvez engane aos ceguetas fanatizados que só veem o que lhes convém. Nas últimas três décadas esta vem em queda livre isso sim e só não cai mais porque beira ao impossível. Lembro de meu pai dizer, isso há trinta anos atrás, que o que aprendíamos no ginásio ele aprendia na escola primária. De fato, escrevia muito bem, sem erros. Compreendia o significado das palavras que lia e resolvia contas  básicas e problemas com uma segurança e rapidez fantástica. Comparando, hoje não se vê isso nem nos cursos superiores e inacreditavelmente, até nas pós-graduações.
 
Lembro também que há uns vinte anos na região norte do Paraná, tentou-se fazer uma prova de vestibular de forma escrita e não optativa, sem estas alternativas de se arriscar um 'X' num quadrilho aqui e outro lá. Foi um vexame só, talvez só equiparado a estes realizados pela OAB onde o percentual de aprovação é baixíssimo e vergonhoso. Como podem mentir deslavadamente que a Educação melhora quando os alunos só sabem 'dar chutes', arriscar 'X' na prova e se borram tudo em provas escritas? Mais triste ainda é ver que os próprios alunos ironizam de seus malfeitos nas provas, frutos desta lavagem cerebral proposital, riem do sua própria desgraça e burrice, se achando os 'reis da cocada preta', quando não passam de meros abobados nesta lamentável corte.

De repente, alguns começam a remexer as desgraças que eles próprios criaram no passado, durante o Regime Militar. Começam a desenterrar velhos 'barris de pólvora, 'cutucando as onças com varas curtas' e justamente quando o país já vive o caos diário, precisando ser pacificado, pois não existe mais cidadão de bem que saia sem medo de casa, simplesmente não sabe se irá voltar vivo. Essa Comissão criada na calada da noite é vergonhosa, pois foi organizada pelos terroristas do passado, aqueles mesmos criminosos que queriam implantar o Comunismo no Brasil, e só admitem a apuração de uma das vertentes dos crimes praticados. Não entendo como neste país se admite que criminosos estejam a frente, no poder.

Aonde está o Poder Judiciário deste Brasil? Este mesmo que nunca prende os 'bandidos de colarinho branco. Este mesmo que permite que 'Paulos Maluf' da vida permaneçam livres, alegres e faceros, enquanto o próprio é  bandido procurado pela Interpol em 181 países, e se sair do Brasil vai preso na mesma hora. É este mesmo judiciário que admite anistia e proteção para o terrorista italiano Paulo Battisti, mais uma vez envergonhando os brasileiros perante o mundo.



Este Brasil atual é vergonhoso,

é ferro, é bomba, bala de borracha prá cima do povo que protesta e exige mudanças, os seus 'direitos constitucionais',

enquanto bandidos já condenados ditam regras e se auto defendem. Mais de 80 milhões de cidadãos brasileiros eleitores disseram não ao atual governo federal, 59% do total: 'NÃO QUEREMOS DILMA, NÃO QUEREMOS MAIS O PT!' E por esta lei eleitoral  esdrúxula dos 'votos válidos', impositiva e portanto escravocrata, a maioria tem de engolir a seco bandidos, terroristas, comunistas e toda a sua corja corrupta no poder, enquanto 'aqueles', os únicos que poderiam mudar toda essa calamitosa situação, insistem em dormir em berço esplêndido, mesmo sob o clamor da maioria da sociedade:

-->clique aqui: Vinte e sete anos depois do fim da ditadura militar, parte da nova classe média brasileira parece preferir um governo que funcione às liberdades civis. Uma pesquisa feita pelo instituto Data Popular, que investiga o pensamento desse grupo social que aumentou significativamente nos últimos dez anos, mostrou que 51% dos entrevistados concordam com a frase: "Prefiro uma ditadura competente do que uma democracia incompetente".
  

Nenhum comentário: