Acordos Macabros

Conforme bem enunciou uma corregedora, o Brasil é como que uma “caixa-preta” que até então ninguém teve dignidade e coragem suficiente para abri-la. Em cada canto deste território continental, os podres são tantos que para uma limpeza definitiva seria preciso redescobrir e recomeçar todo o país novamente. E assim o é de fato, um mais “enfiado na lameira” que o outro, daí a solução que encontram são os acordos macabros que solucionam a situação para eles, mas que acabam penalizando sempre a nós, o povo.


Em todas as esferas, pequenas ou grandes, tanto faz, o que existe é um corporativismo sem precedentes, e por mais que se tenha conhecimento de crimes de “colegas”, a tal da ética profissional não lhes permite confrontar e denunciar. Talvez isso encontre amparo até mesmo em grande parte dos magistrados, porém não encontra para meros mortais como eu e quem sabe, você. Por todo o território ainda existe o “coronelismo”, isso mesmo, não tenha a menor dúvida, é o tal do “eu sou o poder”, “eu sou o Estado”, “eu posso” e o “eu faço”, tudo perfeito e maravilhoso, sem punições, com muitas compras de sentença, de fato, como “Alice no país das maravilhas”. Assim não fica difícil de se imaginar como alguns se dão tão bem em um país tão repleto de mazelas para a grande maioria, nós, é claro.


Temas para a reflexão de hoje:


Contas “caras” de luz: digamos que você já pague anos por essa conta. Então é bastante lógico para nós afirmarmos que você já deve ter pago todo o valor necessário pela infra-estrutura para que a energia chegue até a sua casa, os postes e os cabos por exemplo. Então não seria lógico também que você pagasse apenas uma pequena taxa de manutenção pela continuidade do serviço? Então porque continua pagando e pagando muito caro pela prestação deste serviço, que salientemos, é um produto interno, nosso, meu e teu? E ainda, qualquer defeito na rede, o conserto é cobrado a mais na conta. Talvez a resposta que cheguemos é a maldita exploração e o enriquecimento ilícito de alguns poucos a partir da desgraça, do suor e do sofrimento da maioria, só esta resposta pode preencher esta lacuna.


E da mesma forma acontece com a conta de água. Já pagamos caro para que ela chegue até nossas torneiras, e temos de continuar pagando caro. Toda a infra-estrutura para a retirada do petróleo por exemplo, é paga por quem? E pagamos muito além de apenas dar os meios para a retirada do combustível. Mas isso parece não bastar para alguns. Fornecemos os meios e pagamos para ter o que é de cada um de nós. Por acaso, pagar caro vai fazer com que a luz, a água, o petróleo, etc, seja o que for, vá se multiplicar embaixo da terra, ou essa produção ficará a cargo da natureza? Olha meu amigo, acredito que se um dia essa porcariada toda acabar, viveremos bem melhor, se quer saber!


Os Correios são outro péssimo exemplo, outra forma de exploração sem o mínimo cabimento. Enviar via Sedex uma simples carta, com uma única folha dentro do envelope, e pagar por volta de R$ 70,00 é uma enorme piada, só podem estar curtindo com a cara do povo. E ainda acontece de as vezes esta tão importante correspondência se perder pelo caminho. Já conteceu com você? Comigo já. Porém, nem esquente, eles prometem reembolsar, mas só o valor da correspondência, se tiver algo a mais no pacote, já era, "dançou". Onde está a bendita concorrência que tantos benefícios traria? Por que não mexem com os correios?  Imagine ter uma segunda opção para enviarmos nossas correspondências, que maravilha! Dar um "tapa na cara" destes que sabem que são os únicos e que só por isso exploram o serviço!


Agora nossos “digníssimos magistrados” aprovaram a lei que permite aos médicos cobrarem além do que já se paga nos planos de saúde, ou seja, assinaram a cartilha que ensina que o brasileiro nasceu para ser trouxa mesmo. Você já paga pelo plano de saúde e ainda vai ter de pagar a mais para o médico, e pasme, o quanto ele quiser. Realmente, se formos colocar no papel todos os preços, impostos e taxas que nos cobram de forma a sacrificar o povo, como verdadeiras sanguessugas que são, iríamos longe, num sem fim de inumerações.


E nos últimos dias a palhaçada se completou quando do acordo com o Código Ambiental, numa troca pela tal “Cartilha Gay”. Meu Deus, o que nos falta acontecer para verificarmos que o espetáculo horrendo deste “Circo Brasil” já foi longe demais e que já ultrapassou todos os nossos limites de compreensão? Acordos macabros para contentar os financiadores de campanhas eleitorais, para que tudo corra bem para eles, mesmo que em detrimento do povo, mesmo que a natureza se sufoque além do que já está.


Uma coisa deve ser suficiente para nos confortar, é que contra a natureza este crápulas nada podem. Portanto não se esqueçam, “senhores feudais”, a natureza se vinga, nos últimos tempos tem nos dado algumas demonstrações de seu poder e tudo que fizerem contra ela, lhes voltará em prejuízos muito maiores do que os lucros que estão obtendo hoje. É só fazer, é só esperar e ver para crer já que suas consciências atuais não lhes permite tal grau de inteligência! Seu menosprezo e sua ganância excessiva vai lhes custar muito caro amanhã, pode crer malandragem!!!

Nenhum comentário: