FALTA DE CULTURA PRÁ CUSPIR NA ESTRUTURA


 

Essa de que "TODO O PODER EMANA DO POVO" realmente é uma das maiores piadas já  contadas neste país, pois nunca o foi e dificilmente será. Quando você está em um país onde a imensa maioria não pensa e só quer "viver na flauta", as coisas passam por caminhos não muito salutares aos interesses de uma minoria que tenta ser o mais consciente possível. Neste caso por exemplo, o do projeto Ficha Limpa, conseguiu-se pouco mais de um milhão de assinaturas, e daí? Tratando aqui de cidadãos ativos, capazes, em idade de decidir os rumos do país através do voto, chegamos próximos dos 140 milhões, isso implica que apenas 1% assinou, e nos perguntamos: onde estão os demais 99%? Não critico o projeto ou os seus idealizadores, considero louvável a iniciativa, mas é uma lástima o apoio que encontrou algo tão importante. Desculpem a expressão, mas com exceção dos que participaram, me parece mais coisa de "cachorro que late por detrás do portão", dizem "apoio, claro", mas não sai disso, na verdade a maioria não faz nada para ajudar. E no Brasil é assim, lamentavelmente, mas é. Qual é a deste STF, é uma coisa que não entendo e acho que nunca entenderei. Parece uma organização isolada, ditatorial, impositiva, onde ninguém está acima deles para os contestar, onde não existe um organismo paralelo para os fiscalizar. Não entendo como estas pessoas são empossadas em lugar de ser eleitas como versa o Regime Democrático que "vivenciamos". Fica simplesmente a critério deles nomear ou não este ou aquele, e isto abre espaço para nomear o "Fulano" por que é assim, o "Ciclano" porque é daquela forma, e por aí vai. Realmente, são senhores feudais decidindo o que é e o que não é bom para todos nós e assim não dá para acreditar em sua imparcialidade nas decisões, e que por diversas vezes já contrariou a opinião pública. Infelizmente, no Brasil ainda é assim e tenho 99,9% de convicções que isto não irá mudar porque a maioria deste povo porta-se de forma passiva e alienada e não como cidadãos de um país no sentido de exigir que seus direitos constitucionais sejam respeitados ! Se o é de fato, segundo o que reza a Carta Magna brasileira,  que “Todo poder emana do povo”, então que se respeite esta decisão, pois é de fato o que o povo quer, não queremos pessoas com caráter duvidoso na política, e então porque nossa justiça não age tão somente neste sentido ? Por que fica de devaneios ? Por que fica tirando o corpo fora ?

Tão lastimável quanto a esta não decisão, é verificarmos que os mais importantes organismos da imprensa nacional, no afã de publicar a notícia, e tão somente isto, acabam mesmo é desinformando ao povo. Os noticiários posteriores ao julgamento causaram e ainda causam uma confusão só, onde "especialistas", espalham a sua "inteligência" por todos os cantos e acabam por dar informações ilógicas e equivocadas. Mas esperar o que de organismos que parecem fazer tanto esforço para espalhar coisas do tipo: “para que seu voto não seja NULO”, como se abominassem o direito do povo de rejeitar, “o voto em branco não vai para ninguém”, sendo que os votos em branco vão sim para o candidato que está na frente. Só consigo ver estas atitudes como “crimes premeditados”, pois defendem aos interesses escusos de alguém e que posteriormente irão causar inúmeras desgraças pelo Brasil afora, todos nós já estamos calejados e temos a comprovação que isto é um fato. Mas não se deve culpá-los, no fundo não é culpa só deles e sim de um povo que não faz o mínimo esforço para conhecer as leis que os regem, próprio de um povo que vende a sua consciência, o seu voto. Isto tudo propicia uma jurisprudência que elabora leis que em um artigo diz uma coisa e que nos posteriores abre espaços para um sem número de recursos. Desta forma, somos obrigados a verificar uma justiça que é morosa ao extremo, que é incapaz de tomar decisões com exatidão, que é ultrapassada, e que não faz o mínimo esforço para evoluir e atualizar-se punindo o povo ao invés dos criminosos. Ou será que estou enganado? Se pairam quaisquer dúvidas sobre o caráter e a honradez de uma pessoa, é louvável  e dígno da parte de pessoas  que consideram-se fazer jus ao cargo de juristas supremos, questionar se ela pode tomar posse de um cargo onde irá decidir pelo bem-estár de todos nós? Falta firmeza nos propósitos destes juristas que em vez de defender aos interesses do país estão defendendo aos criminosos, esta sim é que é a verdade. Decidam senhores cidadãos brasileiros, o que anseiam de fato ?

--> Sobre a “dicisão” pelo STF a respeito do projeto Ficha Limpa leia no site Congresso em Foco, notícia de Mario Coelho - 24/09/2010 - 01h46