Democrácia à moda brasileña !

Entre outros argumentos contrários ao Movimento Voto Nulo, algumas pessoas ainda se utilizam daquela que afirma que o cidadão tem a obrigação de eleger, e eleger para poder fiscalizar posteriormente. Nós, é claro, não podemos concordar com isso, pois verificamos que a cada ano, o caos social só aumenta. Então esse argumento não passa de um engôdo, uma tentativa de ludibriar o cidadão, mesmo porque comprovadamente a imensa maioria não fiscaliza nada, muito pelo contrário, não está nem aí ou deixa se levar pela onda.

A realidade é que quem teve a idéia deste projeto “Ficha Limpa”, queremos crer, são pessoas que realmente tinham boa intenção, que sinceramente desejavam o bem comum de todos, de todos mesmo. Esta exigência é válida sem dúvida, não se pode admitir que pessoas sendo responsabilizadas criminalmente venham a estar no poder. Mas infelizmente para todos nós, essas questões ficarão para a justiça decidir, que convenhamos, já encontra-se bastante precária, sobrecarregada e em assim sendo, lenta. Quem tem algum processo em curso que o diga ! E a verdade é que não basta ter a ficha limpa, isso não diz nada, pois pode estar muito bem protegida, encoberta pelo partido, mas na verdade está suja e continuará a desgraçar a vida de quem quer que seja até que talvez, venha a ser descoberta.

A incoerência que verificamos nisto tudo, é que não é atribuição do povo e muito menos do poder judiciário fiscalizar os partidos políticos, seus integrantes e os atos destes. Se os partidos políticos encontram-se legalmente instituídos, se utilizam do patrimônio público e de verbas públicas, eles sim é que tem a obrigação fiscalizar e de manter entre seus filiados somente pessoas de reputação ilibada. Qualquer partido político que infrinja essa questão elementar, deve ser punido e ter seus direitos cassados, isto é bastante lógico e evidente.

Lamentavelmente não é o que ocorre. Os partidos pequenos aceitam qualquer filiação para crescer e os médios e grandes para se manter no poder. Isto é um fato. Esta evidência nos permite comprovar que absolutamente todos os partidos políticos estão repletos de pessoas que visam defender aos seus interesses, e infelizmente para o cidadão comum, na base do doa a quem doer. É a partir disto que passamos a não conseguir acreditar em alguns que se revestem de “princípios tão altruístas”, mas que na verdade, se utilizam da política e do patrimônio público para enriquecer. Pode ser o político mais “pé-rapado” de todos, mas da noite para o dia muda de vida, e o problema é que enquanto ele enriquece o povo “afunda o pé na lama”.

Isto tem que mudar ! O povo brasileiro precisa acordar para a realidade e saber que só ele tem o poder de limpar o país das ervas daninhas que se infiltram nos partidos políticos. Para isso é preciso começar a acreditar que a mudança pode ocorrer. Ela se dará independente de quantos milhões “não irão eleger ninguém”. A questão quanto a números é o que menos importa, pois estes milhões de votos farão falta aos partidos políticos e os obrigarão a entender que deixaram de eleger porque o povo não aceita mais bandidos infiltrados na política. Só o Voto Nulo lhe garante esta certeza !

Infelizmente, muitos ainda se abstêm de votar e não vemos consciência nisto. Apenas adiam a sua obrigação tendo de ir justificar-se no Fórum, e ainda pior, tendo de pagar multa pela sua falta. É mais um dinheirinho que vai para o Governo, mas de grão em grão gera R$ 1 milhão. Iludidos, carregam um sonho do Voto Facultativo que nada mais é do que negar a si próprio o direito de ser cidadão. Quem não participa, não contribui e não deveria ter o direito de exigir. Mas enquanto as leis não são atualizadas, somos obrigados a aceitar essas atitudes inconsequentes, pois no final das contas, são votos que também não elegem, mas na verdade, também permitem que a corrupção continue.

“SER CIDADÃO” é participar ! Se você entende como nós que as coisas não andam de acordo, então anule seu voto. Neste Brasil, onde alguns bradam tão alto que vivenciamos um Regime Democrático, não temos o direito de ter a tecla “NULO” nas urnas eletrônicas, ou seja, nesta tão aclamada “Democracia”, exclusiva e a moda brasileira, você não tem o direito de manifestar a sua liberdade de expressão e de opinião. Mas você pode dizer não a isto também, você pode digitar “00” e teclar “Confirme”, você estará manifestando a sua vontade e a sua satisfação será garantida !

Se bem que mais de 50 países recusaram os modelos de urnas brasileiras, então é bom você consultar também:  --> “A fraude da urna eletrônica”

Sabe como é, né ? Conluios + Conchavos + Manipulação + Corrupção = Brasil !!!