MP ACUSA PT E DILMA DE FAZEREM PROPAGANDA ANTECIPADA

O Ministério Público Eleitoral (MPE) apresentou no início desta noite (31) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) representação contra o PT e a pré-candidata Dilma Rousseff por propaganda eleitoral antecipada.

A representação, de autoria do procurador-geral eleitoral, Roberto Gurgel, é baseada nos comerciais do partido que foram ao ar nos dias 6, 8 e 11 de maio, em rede nacional de televisão.

No documento, Gurgel cita os trechos em que, segundo ele, houve infração da Lei Eleitoral.

Locutor:

"No governo Lula, 24 milhões de brasileiros saíram da miséria e 31 milhões passaram para a classe média. Quem você acha que pode fazer com que cada vez mais gente saia da pobreza, passe para a classe média e prospere na vida? Uma pessoa que tem a mesma visão de Lula? Ou alguém que fez parte de um governo que aumentou o desemprego, os impostos e pouco reduziu a pobreza? O Brasil não pode voltar ao passado".

Dilma:

“O Brasil tem com o Lula um governo que sabe planejar e sabe fazer. Que apoia as empresas brasileiras e que promove o desenvolvimento de todas as regiões e o bem-estar de toda a população. É fundamental continuar nesse caminho. O Brasil tem condições de fazer agora duas verdadeiras revoluções. A revolução na saúde e a revolução na educação. O Brasil já encontrou o rumo certo. É hora de acelerar e ir em frente. PT".

Como penalidade, Gurgel pede a cassação do tempo do programa nacional do PT previsto para o segundo semestre de 2011 e aplicação de multa.

Fonte: O Globo